40 Congresso Luso-Brasileiro de Materiais de Construção Sustentáveis

18 a 20 de novembro de 2020, Salvador - Brasil

Palestrantes

Albano Luís Rebelo da Silva Neves e Sousa (IST - Lisboa)

TEMA: Materiais sustentáveis para o conforto acústico de edificações

Possui graduação em Engenharia Civil pela Universidade Técnica de Lisboa (UTL) - Instituto Superior Técnico (IST) (1996), mestrado em Engenharia de Estruturas pela UTL - IST (1999) e doutorado em Arquitectura e Engenharia de Edifícios - University of Liverpool, no Reino Unido (2006), com equivalência a doutorado em Engenharia Civil pela UTL (2007). É docente do Departamento de Engenharia Civil, Arquitectura e Georecursos (DECivil) do IST desde 1998, tendo assumido a responsabilidade por diversas disciplinas na área das edificações, nomeadamente disciplinas de graduação em Engenharia Civil (Edificações I e II, Física das Construções, Conforto Ambiental em Edifícios, Instalações Prediais) e de pós-graduação em engenharias diversas (Higrotémica e Ventilação de Edifícios, Reabilitação Funcional de Edifícios, Comportamento Térmico e Acústico de Edifícios, Acústica nos Edifícios, Tecnologia de Instalações e Equipamentos Prediais).

Romildo Dias Toledo Filho (COPPE/UFRJ - Rio de Janeiro)

TEMA: Recentes avanços no desenvolvimento de materiais sustentáveis para edificações

Graduou-se em engenharia civil (1983) pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB), com mestrado (1986) e doutorado (1997) na mesma área pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (Puc-Rio), este último em programa sanduíche com a Faculdade Imperial de Londres. Realizou estágio de pós-doutoramento na Alemanha, Universidade Técnica de Dresden, entre 2009 e 2010. Sua atuação se dá nas áreas de materiais e sustentabilidade nas construções, atuando principalmente nos temas: materiais compósitos a base de cimento, materiais cimentícios de baixo impacto ambiental, edificações e mudanças climáticas, eficiência energética nas construções, sequestro de carbono, análise de ciclo de vida, aproveitamento de resíduos sólidos (urbanos, construção e demolição, agrícolas e industriais) nas construções, e concretos especiais (são exemplos, o bioconcreto, concreto de alto desempenho e o concreto autoadensável). Dentre alguns prêmios, destacam-se: Prêmio Cientista Jovem do Estado do Rio de Janeiro (2000), concedido pela FAPERJ; Prêmio Luiz Alfredo Falcão Bauer, pelo destaque no campo das pesquisas do concreto e materiais constituintes (2009), concedido pelo Instituto Brasileiro do Concreto (IBRACON); Prêmio Cientista do Nosso Estado (2010, 2013 e 2016), concedidos pela FAPERJ.

Normando Perazzo Barbosa (UFPB - João Pessoa)

TEMA: Norma brasileira de Estruturas de Bambu

Graduado em Engenharia Civil pela Universidade Federal de Pernambuco (1975), fez Mestrado em Engenharia Civil na Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (1978), Doutorado em Mecânica Aplicada às Estruturas - Université Pierre et Marie Curie, Paris (1983), Especialização em Concreto Armado no Insitituto Politecnico di Milano (1979). Atualmente é Professor Titular Emérito da Universidade Federal da Paraíba, professor visitante do Departamento de Engenharia de Materiais, membro da Academia Paraibana de Engenharia. Consultor nas áreas de Engenharia Estrutural, Construção Civil, Materiais de Construção. Foi Professor das Pós-Graduação em Engenharia Civil e Engenharia Agrícola, da atual Univ. Federal de Campina Grande e da Pós-graduação em Engenharia Mecânica da UFPB. Atualmente está nos Programas de Pós-graduação em Engenharia Civil e Ambiental e no de Ciência e Engenharia de Materiais. Desenvolve pesquisas sobre materiais de construção convencionais e não convencionais (terra crua, bambu, fibras vegetais, resíduos, materiais cimentícios) e na área de estruturas. Participou e participa de várias redes e projetos de pesquisa a nível nacional e internacional (CYTED, CNR-Italia, CNRS-França, British Council-Inglaterra). Participa anualmente de congressos no país e no exterior. Conferencista convidado em vários eventos nacionais e internacionais (Argentina, Itália, Colômbia, Índia, México, Egito, Argélia, Portugal, Suiça). Atual coordenador da Rede Brasileira do Bambu, coordenador do comitê de estudos da ABNT "Estruturas de Bambu", organizou texto da proposta de norma sobre projeto de estruturas e ensaios de caracterização física e mecânica do bambu. Participou do comitê de estudos da ABNT "Construções com Terra", sendo um dos responsáveis pela elaboração do texto da norma "Alvenarias de adobe".

Paulo Roberto Lopes Lima (UEFS - Feira de Santana)

TEMA: Elementos construtivos estruturais em concreto reforçado com fibras vegetais

Professor Pleno da Universidade Estadual de Feira de Santana. Engenheiro Civil pela UEFS, com mestrado e doutorado em Engenharia Civil pela UFRJ, e pós-doutorado na Universidade do Minho, Portugal, com bolsa de Estagio Senior/CAPES. Especialista em Gestão da Inovação Tecnológica (UEFS). Publicou artigos em periódicos indexados e trabalhos completos em anais de eventos, na área de Engenharia Civil, com ênfase em Concreto com fibras, Compósitos com Fibras Vegetais, Concreto armado, Durabilidade e Aproveitamento de Resíduos na Construção Civil. Criou em 2010 o Grupo de Pesquisa Materiais e Produtos com Fibras Vegetais (PROFIV) que vêm trabalhando no desenvolvimento de elementos construtivos que incorporem fibras vegetais em colaboração com vários parceiros: COPPE/UFRJ, UESC, UFBA, EMBRAPA, UMInho/Portugal. Pesquisador do LEDMA/UFBA e NUMATS/UFRJ. Atualmente é Diretor do Departamento de Tecnologia da UEFS, Diretor Técnico da Regional IBRACON do Interior da Bahia e membro do CT IBRACON/ALCONPAT 702. É editor Associado da Revista Ambiente Construído e revisor de periódicos nacionais e internacionais.

Em atualização...